Tags

, , , , , , ,

Olá, como estão?Cozinhando com Paulo MachadoFoto: Luna Garcia
Arte: Jonnes Alves

Hoje é estréia oficial da nossa terceira temporada, e nada melhor do que uma novidade incrível não é? Teremos o nosso “Cozinhando com Paulo Machado” que hoje vai nos ensinar a fazer um “Sorvete de bocaiúva” delicioso.
Tenho CERTEZA que muitos de vocês devem estar se perguntando “O que é isso Jonnes?” e eis que eu te respondo: Bocaiúva é uma palmeira que tem em todo o Brasil, só que ela é mais comum no cerrado brasileiro. Ela dá uns frutos pequenos que também é chamado de bocaiúva, ou, como é conhecida aqui no Mato Grosso, o famoso chiclete cuiabano, pelo fato dela ser bem grudenta quando vc coloca na boca. Não fiquem com nojo e parem de fazer as frescas porque é uma delícia e tem um sabor DELICIOSO.
Eu até ia colocar uma foto da bocaiúva aqui, só que ficou parecendo aqueles blogs de biologia com fotos de plantas e não curti KKKKKK.
Vamos a receita que o top cheff Paulo Machado nos ensinou?sorvete de bocaiúvaFoto: Zig Koch
Arte: Jonnes Alves

Sorvete de Bocaiúva 

400 gramas de farinha de bocaiúva;
200 ml de calda de açúcar;
200 ml de creme de leite;
3 claras em neve;
1 colher de sopa de mel de abelhas nativas;
flor de sal para decorar;
Folhas de hortelã para decorar.

Modo de preparo:
Num bowl adicione a farinha de bocaiúva a calda de açúcar, crème de leite e misture vagarosamente as claras em neve. Leve para congelador por um mínimo de 6 horas. Sirva com mel de abelhas nativas e decore com folhas de hortelã e flor de sal.

Gostaram da receita? Farei uma confissão para vocês, eu fiz o sorvete pra poder testar se ficava bom mesmo, porque a fruta é uma delícia, já como ice cream eu não sabia né, buuuut, ficou uma delícia. Agora vocês devem ficar se perguntando onde encontrar a farinha de bocaiúva. Bom, eu pedi para o meu irmão comprar em Cuiabá para a minha pessoa, porque eu não encontrei aqui em Rondonópolis (estou viajando ainda e estou em Roo). É bem provável que vocês encontrem nessas feiras orgânicas ou algo parecido, sempre tem de tudo. Podem fazer a receita e servir como sobremesa que tenho certeza que todos vão adorar.
O nosso agradecimento super especial do Paulo Machado que nos ensinou essa receita que eu particularmente adorei, pois como sou do Mato Grosso, cresci comendo “chiclete cuiabano”HAHAHA. Adorei Paulo <3. E vocês esperem para o próximo ~Cozinhando com Paulo Machado~ que será na próxima semana com uma receita deliciosa ~Carne de sol na abóbora cabotiã~ <3.

XoXo, Jonnes Alves :*

Anúncios